David Phelps - Blog Brasil: Rumo ao Tennessee

28 de ago de 2012

Rumo ao Tennessee



Finalmente a postagem que eu tanto queria publicar. A incerteza quanto à nossa ida ao Barn Bash e a falta de tempo contribuíram para que eu escrevesse de última hora. Quem acompanha o nosso blog, há pelo menos 1 ano, sabe que temos planejado (com muita vontade e ansiedade) ir a esse inesquecível evento. Eu e Patrick estivemos no Carnegie Hall em novembro do no ano passado para um concerto de Natal que teve a participação de David. O espetáculo foi maravilhoso, mas, infelizmente, não tivemos o prazer de conversarmos com ele nem tirarmos sequer uma foto juntos ao final da apresentação. Naquele dia tive a certeza de que eu deveria, de fato, estar no próximo Barn Bash por ser um evento mais “casa” que poderia nos proporcionar esse contato único com ele e a família em sua propriedade no Tennessee. São 2 dias com quase 3 horas de concerto, cada. Uma verdadeira megadosagem de David Phelps!

Logo depois que compramos os ingressos em fevereiro recebemos uma notícia formidável: eu estava grávida! E essa gravidez foi planejada. Eu não condicionei previamente a vinda de um outro bebê a uma época diferente da do evento. Eu sabia que poderia engravidar a qualquer momento, mas deixei que as coisas acontecessem naturalmente. Se desse para irmos, seria um sonho realizado! Quando fizemos os cálculos descobrimos que o bebê nasceria em outubro. Uau...como seria fazer uma viagem como essa no último trimestre da gestação? Não tínhamos noção e, como todo pai e mãe, ficamos cercados de receios, porém, deixamos o tempo passar para ver se haveria condições de embarcarmos nessa aventura e de como estaria a nossa saúde (minha e do bebê).

Em julho voltamos a tocar no assunto...afinal de contas, se a viagem era uma possibilidade, teríamos de começar os preparativos. Durante todos esses meses, a gestação foi tranquila. Crescimento do bebê e exames completamente normais. Mas ainda faltava o mais importante: a autorização do obstetra. E nós deixamos para pedi-la propositadamente na semana do evento para que os exames e a consulta fossem os mais recentes possíveis. 

Nesse último mês enfrentamos uma grande batalha com a nossa própria consciência devido a enxurrada de opiniões negativas a respeito da viagem. Então, oramos a Deus e pedimos que se não fosse para irmos que Ele gerasse obstáculos e, então, entenderíamos o recado. Mas que se fosse de Sua vontade, que Ele trouxesse paz ao nosso coração. E foi o que aconteceu ontem. A consulta com o médico não serviu para, simplesmente, obtermos um pedaço de papel chamado “autorização”, mas uma verdadeira confirmação de que poderíamos ir, sim, e  o conforto de que tudo ficaria bem e que poderíamos aproveitar o evento da nossa vida (na verdade, mais meu do que do Patrick...kkkk).

Tínhamos planejado ir num grupo de 6 pessoas. Infelizmente, três tiveram de desistir. Então sobramos eu, Patrick e a Elisane – uma super fã de David, grande amiga e colaboradora do nosso blog. O evento é nesse fim de semana (dias 01 e 02 de setembro). Embarcaremos nesta quinta-feira para Nashville – cidade bem próxima a Culleoka (onde fica a fazenda da Família Phelps). Decidimos nos hospedar na capital, mesmo, perto dos pontos turísticos e de muitas lojas para as peripécias consumistas. De lá, alugaremos um carro que nos levará até Culleoka.


 Nossos ingressos chegaram nesse fim de semana. Por um momento, achei que iríamos sem eles...kkkkkk. A correria quanto aos preparativos está grande. Recebemos nesses últimos meses e-mails da organização com informações importantes. Até o ano passado, os fãs estacionavam seus carros dentro da fazenda, fora os ônibus disponibilizados pelo próprio evento. Nesse ano, o estacionamento se dará numa pequena escola próxima à propriedade.



De lá, sairão ônibus que transportarão os participantes até o local do concerto. Haverá, também, placas pelo caminho indicando o sentido da escola. Foram vendidos 500 ingressos, contra 400 do ano passado. Não sei como caberá tanta gente dentro do celeiro. Eu espero que David tenha feito uma ampliação no espaço...kkkk.
Nos dois dias, o serviço de transporte se dará entre as 17:00h e 18:00h. Das 17:30h às 18:30h será o momento para o lanche incluso no valor do ingresso que servirão no local e o encontro pessoal com David e Lori para fotos e uma troca rápida de palavras. Tudo isso de uma maneira bem organizada. Os primeiros 250 números de ingressos farão isso no sábado e o restante, no domingo. Creio que como no ano passado haverá uma fila para tal fim. O início do concerto está marcado para cravados 18:30h (e os americanos são pontuais em seus compromissos), encerrando-se às 22:00h.

No último e-mail, enviado na sexta-feira passada lemos “Tem sido uma semana agitada! Mas o celeiro está quase pronto! E não vemos a hora para passar mais um fim de semana com todos vocês...!” No e-mail há recomendação de uma Igreja Batista para quem quiser ir ao culto matinal no domingo. Igreja, inclusive, da qual já postamos fotos recentes e vídeo de David cantando com seus filhos no Highland Park Igreja Baptist Church. Veja as fotos e o vídeo em nossa página no Facebook. A família Phelps é batista, mas não me asseguro em dizer que essa seja sua igreja, embora, se localize próximo à residência da família.

Entre outras informações, deram opções de locais a serem visitados, entre eles um restaurante simples em Culleoka, porém, bastante famoso que aparece no DVD Legacy of Love. Lugar que David frequenta, ou, pelo menos, costumava frequentar assiduamente. Chama-se Campbell Station. Os fãs marcaram um encontro/jantar nele na sexta-feira. Estaremos lá, com certeza! A maioria dos fãs ficará hospedado num hotel recomendado pela família que fica bem próximo à fazenda. Estou ansiosa para rever amigos que fiz no concerto de NY e para conhecer tantos outros com quem me comunico há tanto tempo no fórum oficial.
Estamos esperando um belo repertório, desde as músicas mais antigas dos seus álbuns solos, faixas do Family Band, algumas apresentadas nos eventos Gaither e, por fim, clássicos de sua última gravação.
Não levarei meu Ipad dessa vez. Infelizmente não terei como postar fotos e notícias imediatas, mas prepararei um belo relato quando voltar. Podem aguardar...
Peço orações a todos vocês para que tenhamos uma viagem segura e que a experiência vivida por lá possa animar todos os leitores a estarem no próximo, porque com certeza, deve valer MUITO a pena.
Peço desculpas pelos últimos dias sem maiores divulgações de notícias diversas, mas estamos correndo contra o tempo. Prometo tirar o atraso na volta.

Então...para finalizar...

Até o retorno ou como diz David: “Soon”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não utilize seu comentário para divulgar spams (publicidade).
- Evite comentar como Anônimo(a). Sua identificação é importante;
- Não use palavrões;
- Respeite a opinião comentada;
- De preferência, escreva dentro do assunto tratado no post.