David Phelps - Blog Brasil: Julho 2011

29 de jul de 2011

Rumo ao Alaska



Oi, pessoal. Notícia fresquíssima! O GVB, o Isaacs, o Hoppers e outros diversos cantores da Família Homecoming já estão a bordo de um navio rumo ao Alaska. Eles partiram de Seattle, Washington, hoje, cedo. Serão 8 dias (de 29 de julho a 05 de agosto) de muita comida e música sobre as águas geladas de lugares formidáveis!!! Mark Lowri postou em seu blog, ontem, à noite, fotos da vista do hotel em que passaram a noite, em Seattle. Jason Crabb, um dos cantores, já postou no Facebook várias fotos no primeiro dia do navio. O clima é de festa! 
Não é a primeira vez que a Família Homecoming grava no Alaska a bordo de um navio. No ano passado, fizeram o mesmo destino e lançaram dois DVDs: "Majestic" e "Alaskan". Eu só assisti ao primeiro. A BV Films já disponibiliza para venda os CDs e os DVDs com legendas em português. O cenário é contagiante e as músicas, belíssimas! Só não consigo entender como os cantores conseguem manter as vozes impecáveis em meio a tanto frio...rsrsrsrs.
Vamos ver o que eles nos reservarão para este ano!

24 de jul de 2011

Gravação dos DVD’s de Natal


            Eu obtive uma informação interessante acerca dos DVD’s de Natal de David e resolvi trazê-la para vocês. Acho que ficarão surpresos tanto quanto eu. E, aproveitando, retifico duas postagens anteriores e adianto que as correções já foram feitas.
            Se vocês observarem a página Discografia, verão que o CD/DVD de David “O Holy Night” foi lançado em 2008 e o “Christmas with David Phelps”, em 2010.
            A grande novidade consiste em que “Christmas with David Phelps” foi gravado no mesmo dia de “O Holy Night”, em abril de 2008. David apresentou, primeiro, as músicas para o “O Holy Night”. Em seguida, fez um intervalo para que ele e sua banda pudessem se preparar para a segunda gravação. David retornou usando uma roupa diferente e se reportando ao público de maneira diferente. Duas gravações num mesmo dia! Para quem tem os dois DVDs é possível notar que o público é o mesmo!
            Eu nunca imaginei que teria sido dessa forma! Quando David lançou “Christmas with David Phelps”, em 2010, ele já havia retornado ao GVB, tanto que na capa do CD/DVD é possível observar que o álbum faz parte do Gaither Gospel Series.
            Dessa forma, retifiquei a informação do ano da reforma de seu celeiro. Não foi em 2010. É bem provável que tenha sido reformado em 2008.
            A gravação deve ter sido uma maratona e tanto. David cantou, no total, 29 músicas e interagiu com o público antes, durante e depois das gravações. Que performance invejável!


Fonte: Gretchen Pommerening

22 de jul de 2011

Mark com a camisa do Brasil

Muita gente sabe que Mark Lowry ganhou uma camisa do Brasil nessa última turnê no Brasil, em uma das duas apresentações em São Paulo. Os fãs, na ocasião, vibraram quando ele entrou, inesperadamente, no palco, exibindo a camisa da seleção brasileira.
Para orgulho nosso, essa exibição não se limitou, apenas, ao show. Mark postou no Twitter uma foto em que ele está vestindo a camisa. Há, até, um comentário de um fã brasileiro (creio eu, por causa do sobrenome) que escreve: “Nice Shirt Mark! Brazil Loves GVB” (“Bela camisa Mark! O Brasil ama o GVB”).
É sempre gratificante quando alguém exibe nossa camisa orgulhosamente.







21 de jul de 2011

Ensaio do GVB

Mark Lowri divulgou em seu blog algumas fotos e um vídeo do ensaio do GVB desta terça-feira em Nashville  (dia 19/07/2011). Como sempre, com seu ótimo senso de humor, Mark faz palhaçadas (ao final) arrancando risadas de todos! Para os que estão aguardando ansiosos por sua volta aos palcos, o vídeo supre um pouquinho a ausência temporária desse grande quinteto!

Eu adorei! Espero que curtam, também!

Obrigada, Mark, pela postagem!







19 de jul de 2011

Contagem regressiva para o Barn Bash...



Oi, pessoal! Eu já estava com saudade de escrever no blog. Já se foram quase 2 semanas desde a última postagem. Mas essa ausência tem um motivo mais do que justificado. Tenho estado antenada sobre tudo o que concerne aos preparativos do Barn Bash, que acontecerá nos próximos dias 03 e 04 de setembro. Eu comentei sobre o evento em um dos posts anteriores, mas...vamos lá! Para quem não sabe o que é o Barn Bash: A família Phelps tem uma fazenda em Nashville – Tenneesse. Para quem já teve a oportunidade de assistir ao DVD “The Best of David Phelps”, na entrevista com Bill, David fala um pouco do seu espaço rural e mostra fotos desse belo cenário que é o recanto particular da família.
Em 2008, David reformou o celeiro da fazenda e o transformou em um auditório de apresentação que, diga-se de passagem, ficou belíssimo! Já foram feitas 2 apresentações por lá: a gravação dos DVDs de Natal: "O Holy Night" and  “Christmas With David Phelps” (num mesmo dia) e o Barn Bash, em setembro de 2010. O primeiro Barn Bash fez tanto sucesso que David resolveu repetir a dose, esse ano. E eu acho bem provável que ele se torne anual. Platéia é o que não falta... No ano passado, além de americanos, houve várias pessoas de outros países. Como o espaço não foi criado para o fim a que se destina, hoje, a procura pelos ingressos é grande e eles voam rapidamente...Os desse ano, já estão esgotados, faz tempo! Eu creio que o evento deve ser ainda mais agradável pelo número reduzido de pessoas. Isso faz o ambiente ficar aconchegante e familiar. Além da bela apresentação de David, as pessoas podem se conhecer ou se reencontrar (já que a maioria se conhece de outras programações ou do fórum de David) e há muita comida e bebida. Uma confraternização e tanto...
Bem...os fãs tem estado um tanto quanto alvoroçados e começaram a fazer contagem regressiva há mais de 100 dias...kkk. No fórum oficial, esse é o assunto do momento!
Gretchen, uma das fãs de David, conseguiu reunir todas as fotos dos fãs com David, do último Barn Bash. Ela está montando um álbum para dar de presente a ele e a Lori como lembrança. Achei linda, a iniciativa. Acho que eles vão adorar!
Mas tenho uma novidade para contar...além do álbum, Gretchen entregará uma encomenda nossa a David. Na verdade, o presente não vai só no meu nome. Será dado em nome de todos os fãs brasileiros. Encomendei uma camisa personalizada. Ela está quase pronta e acho que ele vai gostar bastante. Eu espero ter acertado no tamanho...kkkkkk. Junto com a camisa, irão umas lembrancinhas para os outros membros da família e o mais importante: uma carta a David contando sobre o nosso blog. Quero que saiba que esse espaço foi criado para divulgar o seu trabalho no Brasil e para reunir os fãs de todos os cantinhos do desse país.


Versículo impresso:

“Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação...” (Is. 52:7)



Mais uma novidade: nosso Brasil estará muito bem representado no Barn Bash 2011. Já há algum tempo, troco algumas mensagens com Luize, no fórum de David, e mal sabia eu que ela era brasileira. Eu ri muito quando descobri. As duas se falando em inglês sem saber que eram da mesma terrinha... Luize estará lá e nós já combinamos: ela fará toda a cobertura para o blog. Será a nossa repórter oficial. O contrato já foi assinado...kkkkkkkkkkkk
Com toda essa empolgação, impossível não ser contagiada, né? Eu espero poder estar no de 2012, se houver. Eu já me sinto lá...incrível! O que eu for descobrindo de interessante, trarei para vocês!
Ah...não deixem de conferir as fotos de Ruth Daniel do Barn Bash de 2010.

5 de jul de 2011

Papel de Parede

Inaugurada, no blog, hoje, a página de Papel de Parede. Já há algum tempo, procuro wallpapers de DP na Internet, porém, sem sucesso. Só encontrei um com a imagem do álbum THE VOICE que compartilharei com vocês, em breve. Na falta, resolvi postar alguns. Porém, tive dificuldade em encontrar fotos de David que, ao mesmo tempo em que fossem bonitas para o devido fim, tivessem resolução suficiente para se fazer algo de qualidade. Por isso, a maioria foi feita com paisagens que têm relação com algumas de suas músicas. Ficaram simples, mas graciosos! Prometo que me esforçarei para postar outros com qualidade superior. Você pode contribuir enviando fotos de David que tenham boa resolução. Mande mensagem para davidphelpsblog@yahoo.com.br. O crédito da arte é do Ney Milhomem, um amigo que está sendo muito gentil ao disponibilizar seu tempo para trazer arte à nossa tela. Obrigada, Ney! E a todos: espero que gostem!

3 de jul de 2011

GVB Ganha Awards Diamond


       
         World Music Awards é uma empresa de premiação internacional fundada em 1989 que anualmente homenageia artistas com base em números de vendas mundiais fornecidos pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI).
       E é com muita satisfação que compartilhamos a notícia de que nesta sexta-feira (1º de julho), os prêmios foram entregues não só ao GVB, mas, também, a outros artistas ligados a família Homecoming Gaither.

Veja abaixo:


Gaither Vocal Band: Quarteto do Ano e Canção do Ano com "Please Forgive Me” (escrito por Gerald Crabb). Imagino que não exista a categoria “quinteto”. Por isso, classificaram-no como quarteto.



Jeff & Sheri Easter: Grupo Misto do Ano




Jason Crabb: Solista Masculino do Ano e Vídeo e Dvd Do Ano: "Somebody Like Me".




Gordon Mote: Instrumentista do Ano 
(Gordon é o pianista do GVB e dos Homecomings Gaither)




Sheri Easter: Artista Gospel Country Feminina do Ano




Penrod Guy: Artista Gospel Country Masculino do Ano



http://www.southerngospeltimes.com/NewsItem.aspx?id=1071
http://www.sgnscoops.com/


Nota: essa postagem foi retificada. Na primeira publicação, havia sido  mencionado que o prêmio era o Chopard Awards Diamond. Esse prêmio só é concedido a artistas que venderam mais de 100 milhões de álbuns ao longo de sua carreira, como por exemplo: Michael Jackson, Mariah Carey, Celine Dion e Madonna. Pedimos desculpas pelo equívoco.

1 de jul de 2011

Concerto na Noruega - relato de Elin Kvale

            Eu havia citado, no pôst da turnê européia, sobre o fato de a Elin Kvale (fã norueguesa de David) ter me enviado seu relato sobre o concerto. Na verdade, eu queria ter postado o relato, na íntegra, com a tradução, porém, eu estava aguardando que uma amiga traduzisse o texto, pois ele havia ficado confuso com a tradução automática.
            Bem...como eu não quis demorar para postar sobre a turnê, fiz, apenas, um comentário superficial sobre a experiência de Elin. Agora, tenho a oportunidade de trazer toda a tradução. Agradecimentos à amiga, Damaris Hollingsworth, sem a qual não teria a oportunidade de compartilhar esse texto, aqui!


Original:

Hi Elaine. Sorry for not responding any sooner... I can you tell you my story... 

I woke up around 04.30 that morning, because I just couldn't wait for the concert, and could not sleep! So I watched the dvd: "The Best of David Phelps", before I went to work that morning(kindergarten)! I had to "warm up", before the concert that night, lol ;)

I got very early in the line, and all of a sudden a bus came. (I guess I was way too early, but I was so used to standing in the long Michael Jackson lines before, that's why ;) ) It basically was David and the gang ;) I welcomed them to Norway.

I stood in line for about an hour, then the Norwegian choir director invited me in, because it was kind of cold outside. :) As I was entering, David came walking by, but he was in the "warming-up his voice-mode", so I didn't want to interrupt him. ;)

I talked to some people, and all of a sudden, I was invited up to dinner, where the Norwegian gospel choir: "Voice of Joy" and David with his band hung out before the concert. I briefly talked to David, when we went to get dessert, at the same time. David wanted to know about the Norwegian dessert, what it was. Me and another girl, tried to explain to him, but I assured him: "It's SAFE!", then he started laughing. ;)

The concert started around 19.30 pm. Me and my friend were in the middle of the front row, so it was totally perfect! Voice Of Joy started singing some great songs, and then David came along, singing the song: "Virtuoso", and people were standing, totally digging it ! He sang some "rocky" songs, a little blue grass, some jazzy stuff, and a little opera: "Nessun Dorma", and got of course several standing ovations! 

But people were also lifting their hands to the Lord in praise, while he was singing. I remember I told David last year he was in Norway:" It's like you SING HEAVEN DOWN", and he was kind of overwhelmed, thanked me, and told me that it was a GREAT compliment! But it's true...;)

He sang of course solo songs, but also songs together with the Family Band ("Deliever Me", "Glory Train" and "Have A Little Talk With Jesus") , and also songs together with the Norwegian gospel choir. Sherri, David's big sister also sang: "Blooming On The Other side", which was a very touching song about the loss of their grandmother.

David sang "There Is a River", so beautifully, as always. He also sang "The End of the Beginning", and it totally rocked the house ! He also sang "My All in All, and many other great songs ! The concert had an intermission for about 15 minutes, where people could buy his cds and dvds, and David could drink some water, I reckon ! ;) He said a lot of funny, but also serious stuff inbetween the songs. He said that we were just in our "livingroom" singing together, that was nice ;) David sang "Let the Glory Come Down", after people were clapping for a bonus song.

The concert was finished about 21.45 pm, so the concert lasted about 2 hours, but it felt like only 10 MINUTES, SERIOUSLY! I enjoyed it THAT much! I could just sit and listen to him sing for HOURS, but poor David, he needs a break too, lol ;) I pray he'll be back in Norway soon.


Tradução:

Oi Elaine. Desculpe por não responder antes. Eu vou lhe contar minha história...

No dia do show do David eu acordei por volta das 4h:30min da manhã porque eu não via a hora de o show começar. Eu não consegui dormir! Eu resolvi assistir ao DVD “The Best of David Phelps” antes de sair para o trabalho. Eu queria me aquecer antes do concerto naquela noite. (lol eh abreviacao de laughing out loud que quer dizer rindo alto)

Cheguei na fila bem cedo. (Acho que cheguei muito cedo por estar tão acostumada a ter que esperar por horas em  filas para os shows do Michael Jackson). De repente, chegou um ônibus. Era o David Phelps e a turma dele. Eu os dei boas vindas a Noruega.

Eu estava na fila por, mais ou menos, uma hora quando o diretor do coral Norueguês me convidou para entrar porque estava muito frio lá fora. Quando eu estava entrando,  David passou por mim. Ele estava aquecendo a voz e eu não quis atrapalhar.

Eu conversei com algumas pessoas e, de repente, fui convidada para jantar onde o coral evangélico Norueguês “Voice of Joy” e o David com a turma dele estavam passando tempo antes do show começar. Eu falei com David, rapidamente, quando fomos pegar sobremesa. David queria saber mais sobre a sobremesa norueguesa, queria saber o que era. Eu e outra garota tentamos explicar e eu garanti a ele que comer a sobremesa era “seguro”. Ele comecou a rir.

O concerto começou por volta das 19h:30min. Eu e minha amiga estávamos no meio da primeira fila. Foi perfeito! O coral “ Voice of Joy” começou o show cantando ótimas musicas e David se juntou a eles cantando a música “Virtuoso”. As pessoas estavam em pé, totalmente envolvidas! Ele cantou algumas musicas de rock, um pouco de “blue grass” (um tipo de musica country) , um pouco de jazz e a ópera “Nessum Dorma” e, é claro, as pessoas aplaudiram em pé!

As pessoas louvavam a Deus com as mãos levantadas enquanto ele cantava. Eu lembro de ter falado para David, no ano passado, quando ele estava na Noruega, que quando ele canta ele traz o céu pra baixo. Ele pareceu sobrecarregado de emoção e me disse que era um ótimo elogio. Mas é verdade…

Obviamente ele cantou musicas solo mas também com a Family Band (“Deliver me”, “ Gloty Train”, and “Have a little talk with Jesus”). Ele, também, cantou algumas músicas com o coral norueguês. A irmã mais velha dele, Sherri, também cantou “Blooming on the other side” que é uma música muito comovente sobre a perda da avó deles.

David cantou “There is a river” tão bonito, como sempre. Ele também cantou “The end of the Beginning” e essa música explodiu a casa! Ele cantou “My all in all” e outras ótimas músicas. O show teve um intervalo de 15 minutos  para as pessoas comprarem CDs e DVDs e para David poder beber um pouco de água. Ele falou sobre coisas engraçadas e sérias no intervalo entre as músicas. Achei legal quando ele falou que era como se nós todos estivéssemos na nossa sala de estar louvando a Deus juntos. Quando as pessoas estavam aplaudindo para uma música extra, David cantou “Let the Glory Come Down”.

O show acabou por volta das 9h:45min. Durou 2 horas, mas eu gostei tanto que, para mim, pareceu durar só uns 10 minutos, sério mesmo! Eu poderia sentar e ouvir David cantar por horas, mas pobrezinho, ele precisa descansar também. Estou orando para que ele volte para a Noruega em breve.

Histórias engraçadas sobre a infância de David



Numa edição recente da “Revista Homecoming”, publicada pela Editora Gaither, há vários artistas e duas fotos de cada um (uma, quando jovens, e outra atual).
David era um menino bonitinho de cabelos vermelhos (se eu conseguir a foto, prometo postar!).
Eles fizeram 3 perguntas, a David, sobre sua infância. Eu não consegui parar de rir ao ler suas respostas:



1 - Qual era a coisa mais idiota em que você acreditava quando era criança?

David: “Eu pensava que quando o Senhor voltasse e nos levasse para o céu com ele, que eu iria passar a eternidade me vestindo da mesma maneira que estava no momento do arrebatamento. Por causa disso, por um bom tempo, eu usava o chuveiro e o banheiro rapidinho. Eu não queria ter de andar pelas ruas de ouro molhado e nu ou ser impedido de desfrutar da eternidade.”

2 – Qual foi o momento mais embaraçoso de sua infância:

David: “Num domingo, à noite, eu havia dormido durante o culto na igreja. Quando o culto acabou, meus pais tinham ensaio do coral e não queriam me acordar, apenas, para ter de esperá-los. Quando acordei, 30 minutos depois, ou mais, a igreja estava vazia e todas as luzes, apagadas, exceto umas luzes brilhando no púlpito. Eu tinha certeza de que o arrebatamento havia ocorrido e que eu havia ficado para trás. Comecei a correr pela igreja, gritando e chorando com toda a força dos meus pulmões. Abri porta atrás de porta, e só vi salas escuras e vazias. Finalmente, no auge da minha histeria, eu explodi através da porta da sala do coral e levei o ensaio a uma parada brusca. Não vendo os meus pais, imediatamente, eu lembro que meu primeiro pensamento foi que o coral, também, não havia sido arrebatado. No entanto, assim que eu vi meu pai vindo ao meu encontro, percebi que o arrebatamento não havia ocorrido. Sinceramente, se meu pai não tivesse sido arrebatado, eu nunca teria uma chance.”


3 - Qual é a memória mais doce de sua infância?


David: Minha família costumava cantar junta o tempo todo: em casa, em torno do piano, nas apresentações na igreja, e no meu lugar preferido - no carro, em viagens longas. Nós tínhamos o costume de desligar o rádio, tendo, cada um, que encontrar a sua voz para continuar a música.”

(Tradução livre) 

Fonte: Fórum do site oficial