David Phelps - Blog Brasil: Meditação: Duas Cenas

13 de out de 2011

Meditação: Duas Cenas


"You don’t say a word, but I know you’re so afraid.
Você não diz uma palavra, mas eu sei que você está tão amedrontado.
Trying hard to take a step of faith.
Tentando esforçadamente caminhar pela fé.
You’re so confused and you’re so alone,
Você está tão confuso e tão sozinho,
Standing face to face with the Unknown."
Permanecendo face a face com o desconhecido...

(trecho da música God Will Take Care Of You)


Todas as vezes em que eu leio a tradução desta canção, meus pensamentos se transportam para duas cenas inimagináveis, mas, que de fato, aconteceram.

Primeira Cena:

Tem seu registro no livro de Gn 1: 26 e 27 e 2:7.
“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem...”; “E criou Deus o homem à sua imagem...”; “E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.”
Minha mente procura por compreensão. Entender Deus moldando a sua obra prima. Suas mãos traçando cada linha do corpo. Deus com o barro em Suas mãos. Depois, a alma do homem sendo criada pelo sopro (hálito) de Deus, cheia de emoções, entendimento e capacidade.                                                                                                
A obra está acabada, e agora, diante do Criador está a criatura que Deus quer como seu companheiro. Nunca mais Deus ficaria sem seu amigo.
Mas em meio a tanta alegria, felicidade e segurança, o homem faz uma escolha fatal: “...tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido...”(Gn 3:6).
A separação aconteceu. A criatura, agora, não pode mais andar na companhia do seu Criador (Gn 3:8).  Ruínas, morte, destruição. Agora, tudo para se enfrentar sozinho. Deus os mandou embora de Seu jardim (Gn: 3:23). Sem ter onde se abrigar, o homem começou a experimentar, a cada dia, o peso da sua decisão. O salário do pecado é a morte. Andando só e sem direção.

Segunda Cena:

Um homem andando com uma pesada cruz, em meio a uma grande multidão. Ele está ferido. Sofre muito, mas sabe bem para onde vai. Seus pés caminham em uma única direção. Foi sua escolha, sua decisão. Quem é esse homem? É o Criador! Veio atrás do seu amigo, veio assumir as suas culpas. Sua escolha não trará mais a morte, mas, a vida.  Não trará separação, mas, a reconciliação. Ele trará restituição...a volta ao Lar de Deus. “...E habitarei na casa do Senhor por longos dias.”

JESUS NOS RECONCILIOU COM DEUS. TEMOS UM AMIGO que conhece tudo sobre nós, UM PAI que nos ama mais que o mundo inteiro. UMA CASA ETERNA para voltarmos hoje, agora!

Marinalva Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Não utilize seu comentário para divulgar spams (publicidade).
- Evite comentar como Anônimo(a). Sua identificação é importante;
- Não use palavrões;
- Respeite a opinião comentada;
- De preferência, escreva dentro do assunto tratado no post.